domingo, 30 de outubro de 2011

VOCÊ CONHECE O CONCEITO DE EDUCAÇÃO ÚTIL?

O criador do conceito de educação útil
O fundador do protestantismo foi também um dos responsáveis por formular o sistema de ensino público que serviu de modelo para a escola moderna no Ocidente.
Biografia:
Martinho Lutero nasceu em 1483 em Eisleben, norte da Alemanha. Seus pais queriam que fosse advogado, mas ele, por conta própria, procurou formação num mosteiro agostiniano em Erfurt. Aos 25 anos, foi para a Universidade de Wittenberg, onde se formou em estudos bíblicos. Numa viagem a Roma, para discutir questões teológicas, ficou escandalizado com os costumes mundanos do clero. Ao voltar, iniciou sua carreira de professor e pregador, sob proteção do príncipe Frederico, o Sábio. Em 1517, Lutero, em protesto contra a venda de indulgências pela Igreja, publicou suas 95 teses teológicas, conquistando notoriedade pública e atenção das autoridades eclesiásticas. Durante os anos seguintes, a tensão só aumentou, até que, em 1521, o papa Leão X publicou sua excomunhão. No mesmo ano, Lutero reafirmou suas convicções perante os governantes alemães, na Dieta (reunião parlamentar) de Worms, de onde saiu como proscrito. Depois de um ano refugiado num castelo, sob a proteção de amigos, Lutero retomou aos poucos a vida religiosa em Wittenberg. Em 1525, casou-se com uma ex-freira, Katherina von Bora. Durante as duas últimas décadas de vida, ganhou crescente prestígio popular, enquanto o apoio dos governantes variava de acordo com as circunstâncias. Em 1546, morreu durante uma visita à cidade natal.

"Quando a escola progride, tudo progride"
Para pensar:
A criação de uma rede de ensino público foi planejada pelos reformadores luteranos a pedido de governantes que perceberam a urgência de oferecer instrução ao povo. O interesse dos príncipes era fortalecer seus domínios num tempo de constantes hostilidades entre os Estados. "Lutero argumentou que o dinheiro investido em educação seria muito menor do que o gasto com armas e traria benefícios mais profundos", diz o pastor Walter Altmann. E você, que argumento utilizaria, nos dias de hoje, a favor da educação para todos?
Obra
Movido pela indignação e pela discordância com os costumes da Igreja de seu tempo, o monge alemão Martinho Lutero (1483-1546) foi o responsável pela reforma protestante, que originou uma das três grandes vertentes do cristianismo (ao lado do catolicismo e da Igreja Ortodoxa). O nascimento do protestantismo teve profundas implicações sociais, econômicas e políticas. Na educação, o pensamento de Lutero produziu uma reforma global do sistema de ensino alemão, que inaugurou a escola moderna. Seus reflexos se estenderam pelo Ocidente e chegam aos dias de hoje.
A idéia da escola pública e para todos, organizada em três grandes ciclos (fundamental, médio e superior) e voltada para o saber útil nasce do projeto educacional de Lutero. "A distinção clara entre a esfera espiritual e as coisas do mundo propiciou um avanço para o conhecimento e o exercício funcional das coisas práticas", diz o pastor Walter Altmann, presidente da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil.
Venda de indulgências foi o estopim da revolta
Embora nunca tivesse planejado uma cisão na Igreja, Lutero dedicou a maior parte de sua vida à polêmica doutrinária em torno da fé cristã. Sua produção intelectual foi intensa e erudita, e seus atos, graças ao surgimento da imprensa e do clima de descontentamento social, ganharam vasta repercussão. Apesar da complexidade do cenário, pode-se identificar dois fatores que desencadearam a dissidência de Lutero.
O primeiro foi a venda de indulgências pela Igreja. Segundo esse costume, que se iniciou na última fase da Idade Média, os fiéis podiam comprar, de um representante do clero, parte da absolvição de seus pecados. A prática era oficial, aprovada pelo papa e vinha acompanhada de um ritual solene. O comércio de indulgências representava uma espécie de resumo do que havia de mais condenável no comportamento da Igreja daquele tempo: ganância, ostentação, arbitrariedade e mundanismo. As deturpações do cristianismo incomodavam os poderes locais e repugnavam os intelectuais.
Lutero sempre havia pregado contra as indulgências, mas o que o levou a realizar um protesto público, em 1517, foi a venda de uma indulgência especial, que oferecia privilégios específicos, lançada pelo Vaticano para financiar a reconstrução da Basílica de São Pedro. Contra ela, Lutero elaborou 95 teses, criticando as práticas eclesiásticas, e afixou-as na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg. Foi o início do conflito entre o monge alemão e a autoridade papal.
A segunda grande inquietação de Lutero tinha origem doutrinária e o atormentou durante seus anos de formação. Ele não aceitava o princípio, então dominante no cristianismo, de que a justiça divina se manifestava, no plano terreno, como um julgamento dos atos dos homens. Para Lutero, isso produzia medo e tornava praticamente impossível o sentimento espontâneo de amor a Deus. A indignação de Lutero só se dissipou quando, ao interpretar os Evangelhos, concluiu que os homens vivem por uma graça de Deus e que a justiça divina é revelada pelas escrituras de modo passivo e independentemente dos méritos ou ações de cada um durante a vida. Foi o que se tornou conhecido como doutrina da salvação pela fé.
Instrução para fortalecer a cidade
Tão importante quanto Lutero para a educação foi Philipp Melanchthon (1497-1560), o "preceptor da Alemanha". Durante o período que Lutero passou impedido de se manifestar publicamente, Melanchthon foi o porta-voz da causa reformista e um dos encarregados de reorganizar as igrejas dos principados que haviam aderido ao luteranismo. Esse trabalho resultou no projeto de criação de um sistema de escolas públicas, adotado pelo estado da Saxônia e depois copiado em quase toda a Alemanha. A reforma da instrução era uma das principais reivindicações das camadas mais pobres da população, insatisfeitas com as más condições de vida e com o ensino escasso e ineficaz oferecido pela Igreja. Esses foram alguns dos motivos da revolta armada dos camponeses, sangrentamente reprimida em 1525. Tanto Melanchthon quanto Lutero — que, entre outros princípios avançados para seu tempo, defendiam a educação também para as meninas - viam na instrução um assunto do interesse dos governantes. "A maior força de uma cidade é ter muitos cidadãos instruídos", escreveu Lutero. Para isso, foi criado um sistema que atendia tanto à finalidade de preparar para o trabalho quanto à possibilidade de prosseguir os estudos para elevação cultural. O currículo era fortemente baseado nas ciências humanas, atribuindo importante função formadora ao estudo da História.
Nova classe seria formada por cidadãos cultos
A reivindicação pela liberdade de interpretar a Bíblia tornou-se não só um dos pilares da reforma protestante como o princípio fundador do projeto educacional de Lutero, que valorizou a alfabetização e o ensino de línguas — e, mais importante, pregou o acesso de todos a esse conhecimento. Os renovadores religiosos defendiam a formação de uma nova classe de homens cultos, dando origem ao conceito de utilidade social da educação.
Lutero tinha um projeto inovador, mas abominava a possibilidade de se tornar porta-voz de qualquer idéia ou ambição revolucionária. Mesmo assim, o surgimento do protestantismo foi ao encontro dos desejos da classe economicamente emergente de comerciantes, para quem a educação representava uma possibilidade de aceitação e ascendência social. Nas primeiras décadas do século 16, o Sacro Império Romano-Germânico era um mosaico de principados mais ou menos independentes. Os interesses político-econômicos do imperador, da Igreja e dos príncipes emperravam uns aos outros. Os príncipes, menos obrigados ao poder papal do que o imperador, viram em Lutero uma possibilidade de se afirmar politicamente contra a autoridade central e de contestar os direitos da Igreja sobre riquezas que se encontravam em seus territórios.
O fato de Lutero não acreditar que a salvação da alma estivesse vinculada às ações em vida não implicava descaso pelas coisas mundanas. Ao desvincular as esferas do poder espiritual e do poder temporal, Lutero atribuía ao último a responsabilidade de administração da vontade de Deus — por isso a obediência civil seria um dever moral e a rebelião um pecado. "A ligação entre os dois mundos é a fé, porque os que crêem são também vocacionados para servir o próximo na sociedade", diz o pastor Altmann.
Tempo de revolta contra os vícios da Igreja
A reforma luterana foi o mais importante, mas não o único, movimento religioso a confrontar a Igreja entre o final da Idade Média e o início da Idade Moderna. Outras cisões do período foram o calvinismo, liderado pelo suíço João Calvino (1509-1564), e o anglicanismo, oficializado em 1558. Todas essas rupturas misturavam teologia, política e nacionalismo. Elas tinham em comum a reação contra o autoritarismo das estruturas medievais da Igreja e também seus desvios morais. Todas pretenderam renovar o cristianismo, com o ressurgimento da fé considerada autêntica, isto é, individual e interiorizada. Do ramo protestante do cristianismo nasceram várias subdivisões: luteranos, metodistas, batistas e os pentecostais e neopentecostais, conhecidos popularmente no Brasil como evangélicos. O golpe desferido pela reforma luterana na Igreja de Roma foi o tema central do Concílio de Trento, reunião de cúpula do catolicismo que durou 18 anos (de 1545 a 1563). Dele nasceu o movimento conhecido como Contra-Reforma, uma iniciativa em várias frentes para recobrar a imagem de austeridade e o respeito dos fiéis.
-----------------------------------------------------
Bibliografia
HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, Mario Alighiero Manacorda, 382 págs., Ed. Cortez, tel. (11) 3864-0111, 39 reais
LUTERO E LIBERTAÇÃO, Walter Altmann, 352 págs., Ed. Sinodal, tel. (51) 590-2366, 45 reais filmografia
LUTERO (Luther), Alemanha, 2003, 116 min., direção de Eric Till, Casablanca Filmes, www.casablancafilmes.com.br
------------------------------------------------------


28 de OUTUBRO - DIA DO SERVIDOR PÚBLICO


Ser Servidor Público é...

Ser Servidor Público é...

Ter um sorriso sempre iluminado
Mesmo que o salário esteja detonado.
Atendendo a todos sem distinção com cortesia e simpatia
Apesar do pouco incentivo recebido no dia-a-dia.

É se revestir de ânimo e coragem para trabalhar
Procurando dar o melhor de si para todos ajudar.
Aceitando que a nossa profissão é igual arroz e feijão
Sustenta a todos de forma simples e sem grande ambição.

É antes de qualquer coisa ser um exímio sonhador
Esperando pelo dia onde verá reconhecido o seu valor.
Manter esperanças que nunca morrem e são persistentes
Pois acreditam nas promessas de todos os presidentes

Mas apesar dos pesares é uma honra ser um Servidor
Não é uma profissão valorizada como a de um doutor
Porém é o nosso ganha-pão e o que nos enaltece
Pois ser Servidor Público é possuir uma força que não esmorece.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

V CONFERÊNCIA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EM ESCADA...

A V CONFERÊNCIA MUNICIPAL DO CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DA ESCADA - PE,aconteceu no dia 25/10/2011 no auditório da Secretaria Municipal de Educação da Escada e teve como objetivo mobilizar o sistema de garantia de direitos e a população em geral para a implementação e monitoramento da Política Nacional e o Plano Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente deste Município.


A mesa inicial esteve representada pelo Presidente do Conselho Municipal de Direito, Gilson Guilherme, representando a Secretária de Educação a Diretora de Ensino, Professora Janete Ribeiro, representando o Presidente da Câmara Municipal de Vereadores, o vereador Marinho, o Sr. Severino Silva representando o Conselho Estadual, o Capitão Amâncio da PM, o comandante da G.C.M. Jadson Sousa e a Dra. Elizabete Dutra.

Dra. Silvia Letícia, coordenou as atividades durante todo o dia....

Após a leitura do Regimento Interno os Palestrantes tiveram a oportunidade de expor os seus pensamentos e nos inteirar ainda mais de todo o contexto necessário. Tivemos ainda a subdivisão dos temas, com os eixos expostos:
EIXO 1: Promoção dos Direitos da Criança e Adolescente - com a Dra. Elizabete Dutra
EIXO 2: Proteção e Defesa dos Direitos - com o PM Wilson Santos
EIXO 3: Protagonismo e Participação de Crianças e Adolescentes - com a Dra. Silvia Letícia
EIXO 4: Controle Social da Efetivação dos Direitos - com a Assistente Social Paulina Silva
EIXO 5: Gestão da Política Nacional dos Direitos    Humanos de Crianças e Adolescente - com Sr. Welington Silva


O Conselho Tutelar do Município de Escada também estava ativamente participante deste momento, ali representado pelos seguintes conselheiros (da esquerda para a direita): Wanda, Sr. Américo, Nelson e Bel.


Um destaque especial para a fala da Educadora Conceição, Presidente dos Conselhos Tutelares do Estado de Pernambuco, que além de mostrar maturidade, conhecimento e ousadia em sua fala, ainda nos levou a profundas reflexões deixando-nos a responsabilidade da construção da Sociedade que desejamos. 

O QUE FAZ A DIFERENÇA ?
SEI QUE HAVERÁ FRUTOS, SÓ NÃO SEI QUE FRUTOS SERÃO.
SEI QUE HAVERÁ FLORES, SÓ NÃO SEI QUE FLORES SERÃO.
SEI QUE HAVERÁ FOLHAS, SÓ NÃO SEI QUE SOMBRAS FARÃO.
SEI, PORÉM QUE A SEMENTE QUE SEMEEI
FOI ESCOLHIDA ENTRE AS MELHORES.
SEI TAMBÉM QUE AO SEMEAR, COLOQUEI
TODO MEU AMOR E MINHA CAPACIDADE,
NÃO SEI SE A VERDADE QUE BROTARÁ, SERÁ A VERDADE QUE SEMEEI.
SEI AINDA, QUE A MINHA INTENÇÃO E O MEU EMPENHO
FOI O MELHOR QUE TINHA EM MIM.
NÃO SEI QUE VERDADE BROTARÁ EM CADA UM,
MAS SEI QUE A VERDADE DE CADA UM,
DEPENDERÁ DA CORAGEM, DO ESFORÇO
E DA PERSISTÊNCIA DE CADA UM,
A SEMENTE FOI A MESMA, E OS CUIDADOS TAMBÉM,
A DIFERENÇA ESTÁ NAS MÃOS DE CADA UM.

“CEÇA - Presidente dos Conselhos Tutelares de Pernambuco"
OBS.: AGUARDEM A PRÓXIMA EDIÇÃO COM AS FOTOS DOS JOVENS E CRIANÇAS QUE PARTICIPARAM DESTE MOMENTO E 
           SUAS INCRÍVEIS CONTRIBUIÇÕES!!!

domingo, 23 de outubro de 2011

“Não sou deficiente, sou eficiente”...



G+: Jonathan, conte um pouco da sua vida, qual sua idade e o que ocasionou sua deficiência física:
Bom, eu nasci no dia 18 de julho de 1994, já com essa deficiência física e meus pais Ezequias Bastos da Silva e Simone Vitorino da Silva, sentiram um pouco o impacto, mas não desistiram de mim. Sempre tive muito apoio deles, dos meus avós, dos meus familiares da parte materna e também paterna e hoje recebo grande apoio dos meus amigos.  Num período da minha vida passei por algumas cirurgias no fêmur direito, pois tenho um encurtamento de 7 cm. Mas hoje, pela misericórdia de Deus, eu ainda tenho esse encurtamento, só que a perna mais curta serve para um melhor posicionamento da guitarra. Glória a Deus por isso!Eu tenho 16 anos, faço 17 esse ano ainda, estou no terceirão, graças a Deus… e esse ano vou prestar vestibular para medicina, mas isso tudo somente porque Deus é fiel! Tenho um ministério de testemunho juntamente com minha família e viajamos para contar o que Deus fez e tem feito por nós. Gosto de sair, curtir, namorar (mas estou solteiro… hasuashasu) e amo rock!
Sou da igreja Congregacional de Volta Redonda, mas congrego na Congregacional da Cotiara, em Barra Mansa. Sou o tecladista desta igreja e acredito que tudo aconteceu conforme à vontade de Deus.
G+: Além do seu vídeo no YouTube tocando Meus Próprios Meios você tem outros tocando diferentes músicas. Como nasceu seu interesse pelos instrumentos musicais?
Eu comecei a ter interesse por instrumentos de 3 para 4 anos de idade (nessa época eu cantava na igreja – Igreja Assembléia de Deus, ministério Sul Fluminense),  sendo que já recebia meio que um incentivo do meu avô de parte materna. Ele me colocava para brincar no teclado e isso com certeza influenciou no meu futuro musical. O primeiro instrumento que eu toquei foi bateria; ganhei uma bateria com 4 anos e comecei a praticar. Fui baterista por um bom tempo. Já o teclado, iniciei com 6 anos, mas parei, devido as cirurgias. Inclusive, a primeira música que eu toquei no teclado estava usando um fixador na perna, nessa época eu tocava teclado com os pés. Com mais ou menos 11 anos, voltei a tocar teclado, graças a Deus, depois disso nunca mais parei! Agora, toco teclado com a parte superior, que pra mim são meus braços, e também uso o queixo. E agora, há pouco tempo, mais ou menos um ano e meio, estou tocando guitarra, eu nem imaginava que um dia tocaria esse instrumento. Eu fui a um culto e um irmão disse que eu tocava bateria, teclado, baixo e guitarra, mas eu não tocava guitarra ainda, só tentava. Aí eu achei estranho né, mas hoje eu entendo que esse irmão não errou, ele profetizou e aqui estou eu para glória de Deus!
G+: Você é um grande admirador do Oficina G3. O que a banda representa para você?
Comecei a curtir Oficina G3 com 5 anos, meu primeiro cd foi O Tempo. Eu cantava a música título do cd na igreja e a música Perfeito Amor também. Essa banda me levou a gostar de rock, cada vez mais, a cada música deles que eu ouvia passava a gostar mais e assim foi aumentando esse meu sentimento pelo rock. Tenho como grande inspiração, em primeiro lugar, Deus, sem dúvidas. E minha fonte de inspiração humana é o Juninho Afram. Aqueles solos são fora de sério e que melodias ele tira, sou muito fã mesmo e um dos meus sonhos é tocar uma música com ele e com toda a banda. Eu admiro a banda toda.. o Jean, muito fera, meu primeiro grande solo de teclado foi Espelhos Mágico.. “Mister Jean” , eu era o “Mister Joe”. Bons tempos..
E quem divulgou o meu vídeo foi o Oficina G3, eu postei no Twitter e eles mandaram pra frente e isso só aumentou a gratidão e a admiração que eu tenho por eles.
G+: Desde que o vídeo foi divulgado pela banda e postado em nosso site como tem sido receber tantos comentários?
É muito bom receber esse incentivo, pois chega um momento em que todos nós precisamos de apoio e eu vou me lembrar de cada comentário. Está sendo um momento muito especial em minha vida, um momento em que Deus resolveu me honrar, e sou grato por isso. Quero dizer que recebo críticas também, mas toda crítica construtiva é bem vinda e sempre que eu puder melhorar, o farei. Estou feliz demais por receber todo esse apoio, esse carinho, eu gosto de ter contato com as pessoas, isso me faz bem. As pessoas têm dúvidas a respeito, perguntam se eu uso afinação adaptada, etc. Eu não uso nenhum tipo de adaptação pra tocar qualquer instrumento, tudo é Deus quem faz e jamais me envergonharia de falar, caso eu usasse porque mesmo assim seria muito difícil. Todos os meus videos foram gravados sem montagem, purinho mesmo, nem Movie Maker eu  coloquei (nos próximos vou colocar, Twitter, orkut.. etc.). Concluindo: é ótimo ter esse contato com a galera!
G+: Hoje vemos muitos jovens reclamando da vida e até já desistindo de seus sonhos, através do seu exemplo temos certeza que muitos se encheram de esperança. Deixe uma mensagem para todos os leitores do Gospel+ e para aqueles que assim como você buscam vencer seus limites:
Galera, eu quero dizer que se você pensou em desistir, se você inicia algo e não termina ou fica com medo de tentar, a palavra diz que nós somos mais que vencedores naquele que nos amou, então lutem, busquem, orem, sejam determinados, pois tudo dará certo. Não deixe que as dificuldades da vida te parem. Talvez você olhou pra mim e pensou “ele é deficiente”, mas pra Deus eu sou eficiente e se eu sou filho de Deus e você também é, o tratamento é igual: se eu sou eficiente, você também é! Não tenham medo de tentar, façam a vontade de Deus, que do resto Ele cuida! Jesus é o único que salva, Ele é o caminho, a verdade e a vida, não tem outro jeito.. só Ele salva. Então entregue sua vida a Jesus e você verá que Ele vai mudar sua história!        Gostaria de agradecer a oportunidade de contar um pouquinho da minha história e que Deus possa edificar as vidas que vão ler essa matéria. Grande abraço e saibam que eu amo a vida de cada um de vocês e um dia nos veremos lá no céu, que é o nosso principal objetivo enquanto cristãos.

Reportagem copiada do seguinte endereço:


segunda-feira, 17 de outubro de 2011

18 de Outubro - Dia do Diretor de Escola ... P.A.R.A.B.É.N.S. A NOSSA QUERIDA CARMÉLIA>>>>>>>>>>



Carmélia - Diretora do Educandário Lápis na Mão em Escada






O sonho

Sonhe com aquilo que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor das oportunidades
que aparecem em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passaram por suas vidas.
Clarice Lispector

18 de Outubro - Dia do Diretor de Escola ... P.A.R.A.B.É.N.S. A NOSSA QUERIDA DADA>>>>>>>>>>

Esmeralda - Diretora do Educandário Menino Deus em Escada
"Nunca desista de caminhar. Caminhando, não tenha medo de tropeçar.
Tropeçando, não tenha medo de se ferir. Ferindo-se, tenha coragem para
corrigir algumas rotas da sua vida, mas não pense em recuar. Para não
recuar nunca deixe de amar o espetáculo da vida, porque ao amá-lo,
ainda que o mundo desabe sobre você, você jamais desistirá de
caminhar..."








18 de Outubro - Dia do Diretor de Escola

18 de Outubro - Dia do Diretor de Escola
O Diretor de Escola é, por muitos motivos, uma figura exponencial na estrutura de qualquer sistema de ensino, seja público ou privado. 
Suas funções alcançam praticamente todos os setores da escola, e múltiplos são os seus afazeres numa instituição que congrega milhares de alunos, centenas de pais, dezenas de professores e funcionários. 
Suas responsabilidades são imensas, uma vez que estão sob seus cuidados crianças e jovens nem sempre preocupados consigo mesmos, ao longo dos 200 dias letivos, numa escola onde tudo pode acontecer, inclusive tragédias. 
O Diretor é o mestre pensador, aquele que projeta a escola de qualidade desejada pela comunidade, embora quase nunca possível, pelos péssimos salários e condições de trabalho.
A tanto empenho do diretor, qual é a contrapartida dos governantes e das autoridades educacionais?
De concreto, nenhum. Geralmente, apenas pronunciamentos vazios e hipócritas, tais como "A Escola é a Cara do Diretor".
Em função de todas as adversidades que cercam nossa profissão, nós, diretores da escola pública estadual, neste 18 de outubro temos muito pouco a comemorar, a não ser o sentimento do dever cumprido. 
Porque, acima de tudo, nós somos educadores!!!
Parabéns!!!
A todos os colegas, dedico o seguinte poeminha:

Ser Diretor

Ser diretor, ai que horror!
Toda gente em nosso pé:
Desde bandido sem fé,
Que não nos faz cafuné,
Até seu Serra-terror,
Mais os asseclas, que invadem
nossos planos e projetos,
sonhando ser Bin Laden,
Ai que raiva!!!
De dia, aquele tormento:
É o Joãzinho, sem rumo,
Quebrando tantas vidraças,
Justificando, sem graça,
Muito cheio de marola:
"Foi sem querer, diretor,
A culpada foi a bola! "
E pobre de nossa escola.
Dá uma vontade...!!!

De noite, vem o mistério.
Metido a besta, o artista
Transmuda-se em pichador.
Procura-se alguma pista,
Finalmente, surge a prova.
Vem, então, o humanista:
Coitadinho do Picasso,
exercitava seu traço!!!
Ah, se te pego!!!
Também tem o professor
Que fica fora de prumo,
Quando os alunos capetas
Aprontam-lhe mil falsetas,
Naquela aula infeliz,
Que ministra sem paixão.
Pode escrever, meu amigo,
Tem fila na porta da direção!!
Jesus! Dai-me paciência!!!
E vem também pai de aluno,
Zangado com o inspetor
Porque seu santo rebento
Provocou, em tal momento,
Gente de quem se temia,
Levando em bom pagamento
Bordoadas sem amor.
E sobra pro diretor!!
Êta, dureza!!!
E, de quebra, todo dia,
É chato, de todo lado,
A rondar a direção,
Pra vender enciclopédia,
Salame, queijo, comédia,
Informática e inglês,
Quase tudo por quase nada.
Mas, que gente descarada!!
Caramba!!!
E tudo isso, por quanto?
Uns mil seiscentos e tanto,
Esse, sempre, o inicial.
Um salário, de dar dó,
Que dá vontade, afinal,
De dizer para os molóides:
Não tendes vergonha na cara,
De nos pagarem um salário
Do ó do borogodó ??
Perdoem-me a quase baixaria!!!
E quando chega o momento
De receber algum louro,
Que é esse tal do bônus,
Pobre de nós. Do tesouro,
Pra levar algum por cento,
Assumimos todo o ônus,
Dos que se fazem de mouro.
E, lá se vai nosso ouro.
Até quando, Serra, abusarás da nossa paciência?
Deixemos de brincadeira,
Pois diretor que se preza
Ama sua profissão,
Professores, serviçais,
Os alunos e seus pais.
Sonham com a escola perfeita,
Cidadã e sem violências,
Formadora de consciências!!
Agora, falando sério:
Não fosse bem verdadeira
A permanente emoção,
Que em tal lida nos envolve,
Há muito nossas escolas,
Vítimas de mil percalços
Impostos pelo padrasto,
Já estariam no chão.
Não seriam o que são.
E que viva, a direção!!!
Iraneide Leão - Diretora da Escola Municipal Dr. José Henrique em Massauassu



Fia - Diretora da Escola Municipal Ligia Magdala em Freixeiras

Adriana - Diretora da Escola ....

Alessandra - Diretora adjunta da Escola Municipal Zenóbio Lins


Ceça - Diretora da Escola Municipal Zenóbio Lins

Moura - assume a gestão dos sub setores de Braço do Meio, Conceição e Frade

Edson - Diretor da Escola Municipal Maria José Lucas

Vera Fraga - Diretora Adjunta da Escola Municipal Barão de Suassuna

Anísio - Diretor da Escola Municipal Maria Lins de Holanda


Fátima - Diretora da Escola Municipal em Timboassu

Elizabete - Diretora da Escola Municipal Mário Domingues

Inês - Diretora da Escola Municipal Veronice Maria da Conceição

Verônica ( lencinho vermelho) - Diretora da Escola Municipal Monte Sinai

Eliane - Diretora Adjunta da Escola Municipal São Severino dos Ramos



Aqui nossa homenagem a todos os diretores dos quais não temos as fotos mas guardamos um profundo respeito:
Sônia Guimarães - Escola Municipal Barão de Suassuna
Célia Regina - Escola Municipal São Severino dos Ramos
Ednício - Escola Municipal Professora Almérita
Graça Miranda -Escola Municipal Marechal Costa e Silva
Maria - diretora adjunta da Escola Municipal Donas Maria de Holanda Lins
Luciana - Escola Municipal Edson Nunes



sábado, 15 de outubro de 2011

minha especial G.R.A.T.I.D.Ã.O. as(aos) minhas (meus) Professores (as) - Valeu a pena...

Certamente que não tenho todas as fotos, mas mesmo os que eu colocar só o primeiro nome e até os que a minha memória, já cansada não lembrar, saibam: VALEU A PENA!!!

Tia Aurora - dona da minha primeira escolinha 
Tia Dulce - meus primeiros rabiscos
Tia Rita Eliete - foi difícil, mas valeu...
Minha tia da 4a. série - não lembro do seu
                    nome, mas lembro de você 
Professor Marinaldo José - o melhor Professor               
                                  de Matemática do Mundo!
                                  da 5a. até o 1o. ano...não lhe
                                  esqueci!!!


Professora Benedita - Professora de Geografia...
Professora Alba - Professora de História, valeu
                               de+ os conselhos...
Professor Celso - Professor de Química e Física 
                              do ginásio...
Professor João Bosco - Professor de Programa 
                              de Saúde (muito doido)...
Professor Zezo - não meu Professor, mas eu
                             gostava muito de você...
Professora de Inglês - não lembro do seu nome, 
                             mas lembro do seu rosto de 
                             boneca e de seus óculos...
Professor Luiz - Educação Física, desculpa aí...
Professores do Curso Técnico de  Contabilidade da Escola Municipal José Firmino da Veiga, vocês foram 10>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
Professora Adalice - Professora de Datilografia
Professor Toinho - você marcou... Professor de
                            Técnicas de Exames - FACHO
Professor José Marcos - muito chato, e muito
                             bom - FACHO
Professora Guiomar - aff...Professora de 
                             Personalidade - FACHO
Professora Maria Tereza Padilha - muito bom
                             FACHO
Professora Ângela Belffort - Professora de 
                             Filosofia da FACHO
Professora Mércia - é...FACHO
Professor Humberto Costa - kkk...deixa pra lá
                              FACHO
Professor Jailson Amorim - saudades do senhor
                              valeu d+++ - S.T.C.N.
Professor Valdênio Pessoa - muito bommmm
                              S.T.C.N.
Professor Clayton - excelente, saudades...
                               S.T.C.N.
Professor Rinaldo César - muito legal...S.T.C.N.
Professora Joyce Clayton - eram duras as suas palavras, mas hoje compreendo mais ainda...obrigada!!!
S.T.C.N.
Pastor Elecir Brito - Professor de Evangelismo e Missões... sabe que a sua visão de águia  me contagia até hoje!!!
S.T.C.N.
Professora Izabel Córdova - Professora de Psicologia na UFRPE...excelente!!!

Professora Lílian - Pedagogia Ambiental em SUAPE - muito bom te conhecer!!!

Professora do Curso de Pedagogia Ambiental em SUAPE

Esqueci seu nome, mas nunca esquecerei de você...Professora do curso de Pedagogia Ambiental - SUAPE
Professora de Fundamentos Históricos da Pedagogia...muito bom!!!
Professora Edivânia - CESAPE / LIBRAS ... oportunidade ESPECIAL>>>>


Aos meu Professores dos cursos à Distância, que nunca os vi, mas sempre me senti atendida por vocês...Muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito 
Obrigada!!!






    
                         

                                
                                       


PROFESSORES EM BUSCA DA VALORIZAÇÃO....

Aqui todo mundo já é professor, está em sala de aula a muitos anos, mas constrangidos pela "lei", estão de volta a faculdade para poder ter um "reconhecimento"....essa homenagem vai para todos os professores que estão tendo de voltar pra sala de aula e fazer o curso de Pedagogia, apesar de suas graduações...
apresentando: MINHA TURMA>>>>>>






















AINDA FALTAM ALGUNS COLEGAS AQUI... mas a homenagem vai para TODOS OS PROFESSORES QUE ESTÃO DE VOLTA A FACULDADE PARA OBTER A LICENCIATURA EM PEDAGOGIA, PORQUE MESTRES EM SALA DE AULA ELES JÁ SÃO!!!

HAVERÃO FRUTOS...


SEI QUE HAVERÁ FRUTOS, SÓ NÃO SEI QUE FRUTOS SERÃO.

SEI QUE HAVERÁ FLORES, SÓ NÃO SEI QUE FLORES SERÃO.

SEI QUE HAVERÁ FOLHAS, SÓ NÃO SEI QUE SOMBRAS FARÃO.

SEI, PORÉM QUE A SEMENTE QUE SEMEEI

FOI ESCOLHIDA ENTRE AS MELHORES.

SEI TAMBÉM QUE AO SEMEAR, COLOQUEI

TODO MEU AMOR E MINHA CAPACIDADE,

NÃO SEI SE A VERDADE QUE BROTARÁ, SERÁ A VERDADE QUE SEMEEI.

SEI AINDA, QUE A MINHA INTENÇÃO E O MEU EMPENHO

FOI O MELHOR QUE TINHA EM MIM.

NÃO SEI QUE VERDADE BROTARÁ EM CADA UM,

MAS SEI QUE A VERDADE DE CADA UM,

DEPENDERÁ DA CORAGEM, DO ESFORÇO

E DA PERSISTÊNCIA DE CADA UM,

A SEMENTE FOI A MESMA, E OS CUIDADOS TAMBÉM,

A DIFERENÇA ESTÁ NAS MÃOS DE CADA UM.

“CEÇA - Presidente dos Conselhos Tutelares de Pernambuco"